Política

POLÍTICA | Bruno Vitorino apresenta prioridades na candidatura ao Barreiro

Bruno Vitorino, cabeça-de-lista do PSD à Câmara Municipal do Barreiro, assume revitalização dos mercados municipais e do comércio tradicional como prioridades

Autores
Foto
  • DR

Localidade
  • Barreiro

Categoria
  • Politica

Em nota enviada à comunicação social, o actual vereador do PSD na Câmara Municipal do Barreiro, Bruno Vitorino, «afirma que a revitalização dos mercados municipais e do comércio tradicional do concelho continua a ser “prioritária”, garantido que “não vai deixar cair esta bandeira”.

 

O social-democrata defende que a autarquia deve apoiar mais o comércio tradicional e os mercados municipais, considerando que estes são dois setores bastante importantes para o desenvolvimento da economia local e para dar vida às ruas do Barreiro.

 

“O PSD anteriormente já apresentou propostas para dinamizar os mercados municipais, como a instalação do Balcão do Munícipe em todos os mercados do concelho, ideia que até foi aprovada pelo executivo, mas nunca foi concretizada. Este balcão seria uma âncora para os mercados, atraindo muitas pessoas aos mesmos, permitindo ainda um atendimento de proximidade aos munícipes na sua relação com a Câmara, como comprar o passe dos TCB, pagar a água, ou pedir um documento. Era bom para os comerciantes e bom para os munícipes”, explica.

 

Bruno Vitorino defende que se podiam fixar nos mercados um conjunto de outros serviços, sugerindo o estudo de uma Loja do Cidadão no Mercado 1º Maio, ou parcerias com outras entidades.

 

Apresenta mesmo um exemplo concreto. “Quando fecharam os CTT na Quinta Grande, campo do Luso, a Câmara e o PCP apressaram-se a fazer manifestações. Mas se o interesse fosse servir as pessoas e dar vida aos mercados, poderiam reunir com os CTT e deslocalizar os correios para o Mercado do Nicola. Prestavam assim um serviço de proximidade à população, para além de ser um equipamento âncora que ajudava a dinamizar o mercado”, acrescenta.

 

Relativamente a medidas para o comércio tradicional, Bruno Vitorino defende que a autarquia siga o exemplo de outros municípios, elaborando ações que têm como objetivo potenciar o negócio e capacitar os pequenos comerciantes, como apostar na formação dos comerciantes do atendimento ao marketing especifico, na elaboração de workshops de áreas como vitrinismo ou ao uso das redes sociais para potenciar o negócio.

 

"Podem fazer-se também iniciativas de rua, pensar e facilitar o estacionamento, vales de desconto na promoção do que é local, entre tantas outras iniciativas. Mas o mais relevante tinha sido ter uma politica diferente que evitasse o proliferar dos hipermercados em cada esquina, bem como a capacidade de inverter a tendência de perca de população", conclui.»

Adicionar Comentário