Curiosidade

CURIOSIDADES | É português e já navegou os sete mares

Por onde passa tem despertado a curiosidade dos seus visitantes, é um navio escola e é português  

Autores
Foto
  • Diário Imagem

Localidade
  • País

Categoria
  • Reportagem

Quando entra nas barras nacionais ou internacionais, as suas grandes velas despertam a atenção de quem o espera, o grande navio branco com velas igualmente brancas e com a cruz vermelha é logo de imediato identificado como sendo o navio escola Sagres.

 

O navio-escola Sagres foi construído no ano de 1937, em Hamburgo, a sua construção foi realizada nos estaleiros da Blohm & Voss, e teve como principal objetivo ser o navio-escola da Marinha alemã, ficou batizado de Albert Leo Schlageter, juntando-se a outros veleiros que a Marinha da Alemanha teria em seu poder como o caso da classe Gorch Fock, este foi o primeiro veleiro que deu nome à classe, mas muitos foram aqueles que passaram na história da força marítima alemã.

 

O navio escola Sagres, conta-se pelos dedos as histórias que tem em sua volta, sendo um navio com um passado rico e em cada recanto da embarcação, existe sempre algo para contar. No final da II Guerra Mundial, o navio foi capturado pelos Estados Unidos, sendo depois vendido à Marinha do Brasil, decorria o ano de 1948, o valor da venda foi segundo os entendidos, um valor simbólico de 5.000 dólares.

 

Na Marinha do Brasil, o navio Albert Leo Schlageter, fica sem identidade que apagaria a história de um passado alemão e é batizado por Guanabara, foi utilizado por aquela Força Armada como navio-escola até ao ano 1961, Portugal adquiri a embarcação ao Brasil nesse mesmo ano por 150.000 dólares para substituir o Sagres II, o ex-Rickmer Rickmers.

 

A aquisição do navio escola Sagres deve-se à ação empenhada do Dr. Pedro Teotónio Pereira, que na altura era Ministro da Presidência e um grande fã da vela, com o empenho e persistência do Ministro o navio chegou a receber o mesmo nome do seu antecessor, e a 8 de Fevereiro de 1962 entra ao serviço da Marinha Portuguesa.

 

Poucos sabem que em Portugal existiram dois navios que detinham o nome de Sagres, sendo o primeiro o Sagres I e depois o Sagres II, havendo mesmo quem defenda que o atual navio escola Sagres será o Sagres II, mas na realidade, o primeiro navio Sagres chega a Portugal pelas mãos dos Ingleses, era uma corveta construída em 1858 em madeira. O navio que esteve fundeado no rio Douro entre os anos de 1882 e 1898 serviu também como navio-escola para milhares de alunos marinheiros que entravam na Marinha Portuguesa e que estagiavam a bordo dessa corveta.

 

O navio escola-Sagres, já possui um vasto curriculum militar, sendo a escola de todas as escolas na Armada Portuguesa, o navio já conta com três voltas ao mundo, e atualmente é o “menino” dos olhos da Marinha e da Pátria.

Adicionar Comentário