Setúbal

SETÚBAL | Grande Marcha já tem vencedores

O júri escolheu “Setúbal Passa, ‘ah pois é!” com letra de Bruno Frazão e Natália Abreu Laureano e música de Artur Jordão, como a Grande Marcha de Setúbal 2017. A madrinha das madrinhas, Maria Cordeiro será a intérprete da Grande Marcha deste ano.

Autores
  • Fatima Brinca (Jornalista Jubilada)

  • Email
Foto
  • Diário Imagem

Localidade
  • Setúbal

Categoria
  • Cultura

Bruno Frazão, que já venceu várias vezes o Concurso da Grande Marcha de Setúbal, e a estreante Natália Abreu Laureano, foram os autores da letra, com música de Artur Jordão, que o júri composto por Ester Correia, Lena Mendes e Horácio Pena escolheu como vencedora.

A Grande Marcha “Setúbal Passa, ‘ah pois é!’” será interpretada por Maria Cordeiro, que foi eleita a melhor em  2016, assim como pelas madrinhas de cada uma das sete colectividades, que participam este ano no concurso.

 

As sete marchas participantes são: União Desportiva e Recreativa das Pontes, Núcleo Bicross de Setúbal, Cooperativa de Habitação e Construção Económica Bem-Vinda a Liberdade do Faralhão, Grupo Desportivo Independente, Núcleo dos Amigos do Bairro Santos Nicolau, Sociedade Filarmónica Perpétua Azeitonense e Grupo Desportivo da Fonte Nova.

 

O primeiro desfile das Marchas Populares de Setúbal realiza-se no dia 10 de Junho, às 22h00, na Avenida Luísa Todi.

 

O Concurso envolve mais dois desfiles, nos dias 16 e 17 de Junho, às 22h00, na Praça de Touros Carlos Relvas.

 

O DD publica em primeira mão a Grande Marcha de Setúbal desde ano:

“Setúbal Passa, ‘ah pois é!”

 

Setúbal tu és um mundo

Onde há tanto que aprender

Um rio de azul profundo

Profundo que neste mundo

Até há golfinhos pra ver

 

Uma serra sempre bela

Onde o verde sobressai

És pintura de aguarela

Aguarela pura na tela

Quando o sol no sado cai

 

Refrão

Setúbal passa, “Ah pois é”!

Com ar de graça, bate o pé

Linda varina

Rosto erguido a apregoar:

- Isto é um Mundo, ou não é?

Grita à Maria para o Zé

Que vai casar

Nesta bonita baía

 

Digam lá então, se o refrão

Fez palpitar o coração

Desta menina

Que Deus pôs à beira mar

Isto é um mundo, afinal

Podia até ser capital

Que para amar

Basta vir cá só um dia

II

Tens teatro, tens cinema

Tens cultura popular

Cidade viva, um poema

Poema mas sem dilema

Pois és tradição secular

 

Desde os bairros mais castiços

Ao forte de Albarquel

Tens encantos, tens feitiços

Feitiços e reboliços

Laranjas e moscatel.

Letra: Bruno Frazão e Natália Abreu Laureano

Música: Artur Jordão

Adicionar Comentário