Economia

AGRICULTURA | Federação Portuguesa de Agricultura Biológica já é oficial

A apresentação oficial da FPBIO aconteceu hoje, dia 3 de Abril, no Salão Nobre da Junta de Freguesia do Lumiar

Autores
Foto
  • DR

Localidade
  • Portugal

Categoria
  • Economia

A FPBIO – Federação Portuguesa de Agricultura Biológica, foi criada no início de Janeiro de 2017 com a missão de representar politicamente as organizações federadas junto dos políticos nacionais e instâncias comunitárias assim como outras organizações.

 

No momento em que está em curso a Estratégia e Plano de Ação Nacional para a Agricultura Biológica, a revisão da Regulamentação Europeia da Agricultura Biológica e em que tem ainda início a discussão da futura Politica Agrícola Comunitária (2020-26), é altura destas organizações representadas na FPBIO assumirem um papel politico determinante no futuro da Alimentação e Agricultura Biológica Nacional contribuindo para a Soberania e Segurança Alimentar Nacional.

 

A federação é composta pela AGROBIO – Associação Portuguesa de Agricultura Biológica, pela BIO AZÓRICA – Cooperativa de Produtores Biológicos (Açores), BIOPROTEC – Associação Nacional dos Engenheiros de Agricultura Biológica, COPADONORDESTE – Cooperativa de Produtos Agrícolas (Macedo de Cavaleiros), ESAC – Escola Superior Agrária de Coimbra; ORGANICA – Associação de Consumidores da Madeira, QUERCUS – Associação Nacional de Conservação da Natureza.

 

Nasceu a FPBIO - Federação Portuguesa de Agricultura Biológica


Apresentação formal foi no dia 3 de Abril no Salão Nobre da Junta de Freguesia do Lumiar

______________________________________

 

A FPBIO – Federação Portuguesa de Agricultura Biológica – foi criada no início de Janeiro de 2017 com a missão de representar politicamente as organizações federadas junto dos políticos nacionais e instâncias comunitárias assim como outras organizações. A apresentação da FPBIO aconteceu hoje, dia 3 de Abril, pelas 16h00, no Salão Nobre da Junta de Freguesia do Lumiar. 

No momento em que está em curso a Estratégia e Plano de Ação Nacional para a Agricultura Biológica, a revisão da Regulamentação Europeia da Agricultura Biológica e em que tem ainda início a discussão da futura Politica Agrícola Comunitária (2020-26), é altura destas organizações representadas na FPBIO assumirem um papel politico determinante no futuro da Alimentação e Agricultura Biológica Nacional contribuindo para a Soberania e Segurança Alimentar Nacional.
 
A federação é composta pela AGROBIO – Associação Portuguesa de Agricultura Biológica, pela BIO AZÓRICA – Cooperativa de Produtores Biológicos (Açores), BIOPROTEC – Associação Nacional dos Engenheiros de Agricultura Biológica, COPADONORDESTE – Cooperativa de Produtos Agrícolas (Macedo de Cavaleiros), ESAC – Escola Superior Agrária de Coimbra; ORGANICA – Associação de Consumidores da Madeira, QUERCUS – Associação Nacional de Conservação da Natureza.  A missão principal é representar politicamente as organizações federadas junto das instituições políticas nacionais e instancias comunitárias e outras organizações no âmbito da promoção e divulgação da agricultura biológica nacional.
 
Na apresentação formal da FPBIO esteve presente o Presidente da Junta de Freguesia do Lumiar Pedro Delgado Alves, assim como os sete dirigentes das associações fundadoras: Jaime Ferreira da Agrobio, Mónica Oliveira da Bioazórica, Cláudia Vasconcelos da Organica, João Branco da Quercus, Luís Mendes da Bioprotec, Clarisse Ledesma da Copadonordeste e o presidente da ESAC, João Noronha.

Adicionar Comentário