Samouco

SAMOUCO | Vila isolada do resto do concelho

Depois de sofrer dois assaltos às caixas multibanco existentes na pequena vila do concelho de Alcochete, a Junta de Freguesia do Samouco recebeu esta semana mais uma noticia desagradável para os seus habitantes, ficando sem o único banco que ali existia 

Autores
Foto
  • DR

Localidade
  • Samouco

Categoria
  • Sociedade

A população do Samouco, no concelho de Alcochete, está a viver dias de desespero, depois de uma “morte” anunciada de um dos dois bancos existentes na pequena freguesia, o BPI, que encerrou a sua delegação naquela vila, a freguesia ficou ainda mais pobre com o assalto aos dois unicos multibancos que ali existiam.

 

O último foi no ATM da Caixa Crédito Agrícola que ainda tinha o seu balcão aberto à população, mas uma decisão da administração depois do assalto que sofreu e danificou grande parte do banco, ditou fim ao balcão, noticia essa que o executivo da Junta de Freguesia diz ter ficado “surpreendido” com a decisão do banco em sair da vila.

 

Na rede social, Facebook, é visível algumas noticias que dão conta que a Junta de Freguesia já terá apresentado algumas soluções para a instalação de uma Caixa Multibanco em alguns espaços públicos existentes na vila. O executivo espera assim uma decisão da Caixa Crédito Agrícola para que possa ponderar a instalação de um equipamento que sirva a população.

 

Habitantes em desespero...

 

A vila está a sofrer algumas anomalias que está a deixar os seus habitantes em desespero, depois de ficarem isolados de multibanco, a população ainda se queixa de vários cortes de energia, segundo fontes da EDP, o problema está identificado e a empresa espera resolver em breve esses mesmos cortes, que já terão feito alguns estragos em aparelhos em casa dos particulares bem como em empresas como restauração ali existente.

 

Outro problema e que mobilizou uma grande equipa da empresa NOS, aconteceu na noite passada, quando os clientes do Samouco ficaram sem televisão por cabo, alguns dos habitantes já acreditam que a vila está com problemas de estrutura graves e até já falam em fazer um abaixo assinado para entregar em várias entidades, demonstrando o seu desagrado pela falta de serviços.

Adicionar Comentário