Política

PPM | Juventude do PPM pede debate público sobre UE e euro

Juventude Popular Monárquica do PPM pede debate público sobre a União Europeia e Euro

Autores
Foto
  • DR

Localidade
  • Portugal

Categoria
  • Política

O presidente da Comissão Política Nacional da Juventude Popular Monárquica do PPM, Carlos Sá, veio a terreno pedir uma reflexão nacional sobre a possível saída de Portugal do Euro e da União Europeia: “Em Portugal teimamos em pensar apenas no dia de amanhã. Portugal é grande demais para se contentar com ideias tão curtas e efémeras. É por demais evidente que a União Europeia e o Euro têm os dias contados. É hora de o país parar, pensar e preparar um plano para essa ocasião.

Carlos Sá não desarmou: “A mais que provável vitória de Le Pen em França, a grave crise bancária que se abaterá sobre Itália em 2017, e que nos querem esconder, serão a machadada final numa Instituição e moeda que há muito abandonaram as ideias dos seus fundadores. Hoje, o Euro e a União Europeia são fantasmas de si mesmos.”

Os pedidos da Juventude Popular Monárquica do PPM não se ficaram por aqui: “É hora de pôr Portugal em primeiro. O pensamento republicano, que é de curto prazo, nada prevê, nem sequer é capaz de projectar o futuro do país nem de lhe indicar um caminho. Portugal vai-se arrastando no meio dos jogos partidários, onde predominam os interesses pessoais e onde os reais problemas do país são empurrados com a barriga. Um exemplo: A Segurança Social. Todos sabem que não é sustentável mas ninguém é capaz de o dizer ou, sequer, encontrar uma alternativa.

A Juventude Popular Monárquica do PPM pede ainda: “ é hora de não enganar mais os portugueses. A União Europeia e o Euro irão acabar e é preciso pensar em alternativas e planos de contingência. Não podemos ficar mais à mercê da incompetência e da fé vazia dos que representam o país.

 

Carlos Sá

Adicionar Comentário