Opinião

Milhões da Secil vão para quem?

Os 44 milhões que a empresa Secil, contribuiu para o PIB (Produto Interno Bruto) da Península de Setúbal, vão para quem e para onde?

Autores
Foto
  • DR

Localidade
  • Setúbal

Categoria
  • Opinião

Muito provavelmente a grande maioria dos lucros para os bolsos dos accionistas, pois os trabalhadores da Secil, desde 2011 não vêm publicados aumentos salariais, a Secil diz que dá emprego a 672 trabalhadores na Península, mas quantos destes postos de trabalho têm vínculo efectivo?

Quantos prestadores ou falsos prestadores de serviços tem?

 

Estamos apenas a questionar a forma como a riqueza criada pelo total destes trabalhadores, é gerida e como a insegurança no emprego é posta em causa por via da insegurança do vínculo de trabalho, pois se a Secil se arroga de ter um programa exemplar de responsabilidade social, achamos que devem ser os trabalhadores os primeiros a usufruir de tão apregoada responsabilidade social, pois são eles e é através deles que a empresa cria a riqueza.

 

A União dos Sindicatos de Setúbal/CGTP-IN, apela aos trabalhadores da Secil para darem continuidade ao processo reivindicativo que ainda não está encerrado e apela aos trabalhadores com falsa prestação de serviço que iniciem uma luta de forma a serem considerados trabalhadores da Secil e não de uma qualquer empresa prestadora de serviços.

 

Vimos por este meio agradecer a divulgação da presente notícia.

 

Sem mais de momento, subscrevemos com os nossos melhores cumprimentos.

 

A C. E. União dos Sindicatos de Setúbal/CGTP-IN

Adicionar Comentário