CASAMENTOS DE SANTO ANTÓNIO

​LISBOA | Santo António abençoa 16 novos casais

Cumpriu-se na tarde de ontem a tradição ​dos Casamentos de Santo António, que já vai na 60ª edição. A capital voltou a vestir-se de gala para testemunhar as promessas de amor feitas nos Paços do Concelho e na Sé de Lisboa.

Autores
Foto
  • Diário Imagem | JAC

Localidade
  • LIsboa

Categoria
  • Sociedade

Ainda não eram 11 horas e a Praça do Município estava cheia de lisboetas e turistas que quiseram assistir à chegada dos noivos de Santo António. A cerimónia civil decorreu no Salão Nobre da Câmara Municipal de Lisboa, onde cinco casais disseram o "sim" na presença de familiares, amigos e do presidente da autarquia, Fernando Medina.
 
Antes de trocarem os votos, a conservadora do Registo Civil lembrou que o casamento, à luz da lei, é um "contrato celebrado entre duas pessoas" para viverem uma vida em comum, "não sem dificuldades" e com "alguns defeitos", mas sempre com o objetivo principal de "serem felizes".
 
Os casais afirmaram o seu livre consentimento para contraírem o casamento e, em seguida, a troca das alianças. Um dos momentos altos foi a saudação dos noivos a partir da varanda central do edifício da Câmara Municipal e largada de balões.
 
Cerca das 14h00, foi a vez de 11 casais se unirem religiosamente na Sé de Lisboa. Nas palavras que dirigiu aos noivos, o celebrante lembrou que no matrimónio tem de existir uma "entrega de vida um ao outro", sendo fundamentais o "perdão, ternura e respeito".
 
No final da cerimónia, os noivos foram aplaudidos pela multidão que os aguardava nas ruas próximas da Sé. Em seguida, caminharam até aos Paços do Concelho, onde se juntaram aos outros cinco casais unidos civilmente.
 
Por volta das 18h00, a Estufa Fria recebeu os noivos e convidados para o jantar. Um momento recheado de animação e muitas manifestações de amor e carinho.
 
Já ao fim do  longo dia, os casais participaram nas Marchas de Lisboa, na Avenida da Liberdade, que este ano tiveram como vencedora, pelo terceiro ano consecutivo, a Marcha de Alfama.
 
A tradição dos Casamentos de Santo António comemorou este ano o 60ª aniversário. Na sua mensagem para este dia, Fernando Medina assume que esta é uma das "iniciativas mais acarinhadas" pelos lisboetas. O presidente da Câmara de Lisboa vê nestas novas famílias um contributo para a "revitalização geracional" e um símbolo de "compromisso da cidade" para com as famílias que nela vivem.
Adicionar Comentário