Pesados de mercadorias paralisam e podem deixar o país no caos

ECONOMIA – País pode parar com a paralisação de camionistas

O setor das empresas de transportes de mercadorias já conheceu dias melhores do que aqueles que atualmente está a passar e com a subida pela 10ª vez consecutiva, o setor atravessa uma crise. Esta segunda-feira os gigantes do asfalto vão paralisar para alertar para os problemas do setor.

Autores
Foto
  • Diário do Distrito / Arquivo

Localidade
  • País

A partir das 08:00 desta segunda-feira (28), os pesados de mercadorias vão fazer uma paragem, paralisação essa que afirmar servir para reclamar a regulamentação do setor, a indexação do preço dos transportes ao dos combustíveis e melhores condições, afirmações essas que saíram  este domingo de uma reunião que foi realizada no Porto de Mós, onde 400 associados da ANTP estiveram reunidos a discutir as mais variadas formas de luta.
 
Márcio Lopes, presidente da direção da ANTP, disse que a convocação da paralisação partiu dos camionistas e de empresários do setor, onde a associação também se colocou ao lado dos profissionais e decidiu <<dar voz>> à iniciativa que adianta <<ter hora para começar, mas não terá hora para acabar>>, assim, muitos pesados de mercadorias vão encostar esta segunda-feira como forma de reivindicar a regulamentação do setor.
 
Em entrevista à RTP, o Primeiro-ministro António Costa, deu a entender que será muito difícil de reduzir custos nos combustíveis, pois já houve um tempo que os preços baixaram mas com a subida dos mercados internacionais do barril de petróleo é relevante que os portugueses tenham que pagar mais por essa descida de longos meses.
 
De opinião diferente estão os mais de 400 associados da ANTP, que de acordo com Márcio Lopes, o caderno de reivindicações inclui ainda que o preço dos combustíveis seja indexado ao preço dos transportes, refletindo-se no custo dos serviços, melhores condições de trabalho para os motoristas e descontos nas portagens.
 
O país espera assim uma paralisação como aquela que se realizou em 2008, ano em que a ANTP foi formada para representar as pequenas e médias empresas do setor.
Adicionar Comentário