Opinião

OPINIÃO - Mediação Imobiliária – Como vender um imóvel?

Há duas grandes razões para os imóveis se não conseguirem vender. Um deles é o desajuste do preço pedido e o outro é a uma divulgação e promoção deficientes.

Autores
Foto
  • DR

Localidade
  • Portugal

Categoria
  • Opinião

Tendo já abordado a forma de determinar o seu preço de mercado vamos agora tratar da segunda questão.

 

O consultor imobiliário deve iniciar as suas relações com os proprietários com vista à angariação e venda dos seus imóveis, entregado uma brochura com a sua apresentação. Esta, que obviamente deve incluir a sua identificação pessoal, deve expor também, de forma bem explícita, o que se propõe fazer para vender o imóvel.

 

Um dos aspetos imprescindíveis nessa apresentação é a inclusão de um detalhado Plano de Marketing.  O marketing imobiliário tem especificidades próprias e ao longo das últimas décadas, acompanhando as evoluções tecnológicas, tem sofrido profundas transformações no conteúdo, na forma, nos meios e nos objetivos. É uma área de grande complexidade em constantes transformações que exige qualificação, muita imaginação e inovação.

 

Este deverá incidir sobre duas grandes vertentes. O chamado “blended marketing” que envolve o físico e o digital.

 

O marketing físico deve incluir a distribuição massiva de folhetos e revistas, o promover da passa palavra, seja direta, seja pelo telefone, uma placa afixada no imóvel, conceitos como o Home staging (uma área ainda pouco conhecida em Portugal mas atualmente em fase de expansão), a promoção junto dos outros consultores, mesmo que trabalhem noutras imobiliárias (entre as que aceitam partilhar), convidando-os a visitarem o imóvel através de visitas programadas ou da chamada “Open House” (um periodo em que o imóvel está aberto para quem o queira visitar sem necessidade de marcação prévia), etc.

 

Ambas as áreas são muito importantes e nenhuma deverá ser descorada. No entanto, na era da informação e do conhecimento, o marketing digital tem assumido uma importância cada vez maior.

 

Hoje cerca de 95% das pessoas iniciam a procura de um novo imóvel na internet. Os sites das imobiliárias têm milhões de visitas anuais (o site da empresa onde trabalho no passado mês de outubro atingiu os 2 milhões de visitas), além de muitos outros sites especializados nesta atividade. As diversas redes sociais, emails e SMS são hoje meios privilegiados com utilização crescente no setor imobiliário. Enviar newsletters

 

Toda esta atividade requer conhecimentos que o cidadão comum não possui. A imagem que se passa é importantíssima e muitas vezes decisiva. Começa logo nas fotos que se divulgam. A fotografia imobiliária tem especificidades próprias que deverão ser respeitadas sob pena de, logo no primeiro contacto, os potenciais interessados ficarem com má impressão.

 

Toda a promoção deverá ter em atenção que o objetivo não é vender um imóvel, mas, no caso da habitação, facilitar e mediar a aquisição de um espaço que se tornará no lar da família pelo que é imprescindível que seja um espaço agradável, acolhedor e atrativo e que vá de encontro aos interesses, aspirações e gostos dos compradores.

José Torres

Telem 960 148 019

Jaftorres37@gmail.com

Adicionar Comentário