Meteorologia

METEOROLOGIA | IPMA alerta para condições meteorológicas adversas

O Serviço Municipal de Proteção Civil e Bombeiros de Setúbal adverte para a necessidade de adoção de medidas de prevenção em face da previsão de condições meteorológicas adversas com períodos de chuva forte ao longo do dia.

Autores
Foto
  • DR

Localidade
  • Distrito de Setúbal

Categoria
  • Actualidade

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera emitiu para o distrito de Setúbal, no período compreendido entre as 03h00 e as 21h00 de hoje, um aviso de nível “Amarelo” devido à previsão de períodos de chuva ou aguaceiros que podem ser por vezes fortes e acompanhados de trovoada. A situação resulta da passagem de uma superfície frontal fria com deslocamento lento.

 

A Proteção Civil recorda que, numa situação de intempérie e forte precipitação, conjugada com período de preia-mar (13h29), o risco de inundações aumenta consideravelmente.

 

Em função das condições meteorológicas presentes e previstas é expectável que o piso rodoviário se encontre escorregadio e que se registe a formação de lençóis de água.

 

A possibilidade de cheias rápidas em meio urbano por acumulação de águas pluviais ou insuficiências dos sistemas de drenagem e de inundação por transbordo de linhas de água nas zonas historicamente mais vulneráveis são outros motivos de preocupação, assim como inundações de estruturas urbanas subterrâneas com deficiências de drenagem.

 

Protecção na cidade de Setúbal

 

O Serviço Municipal de Proteção Civil e Bombeiros de Setúbal recomenda a adoção de medidas de autoproteção como a garantia da desobstrução dos sistemas de escoamento das águas pluviais e retirada de inertes e outros objetos que possam ser arrastados ou criem obstáculos ao livre escoamento das águas.

 

A opção por uma condução defensiva, reduzindo a velocidade e tendo especial cuidado com a possível formação de lençóis de água nas vias, e o não atravessamento de zonas inundadas, de modo a precaver o arrastamento de pessoas ou viaturas para buracos no pavimento ou caixas de esgoto abertas, constituem outras medidas de autoproteção.

 

As zonas da cidade de Setúbal consideradas mais vulneráveis a situações de cheia são Praça do Brasil, Rua Amílcar Cabral, Praceta Fernando Alcobia, Praceta Quinta do Freixo, Rua do Mormugão, Avenida Dr. Manuel Gamito, Praceta Manuel Nunes de Almeida, Quinta do Quadrado, Rua Alexandre Herculano, Rua Almeida Garrett, Bairro Salgado, Rua da Escola Técnica, Avenida 22 de Dezembro, Estrada da Algodeia, Bairro do Montalvão, Avenida dos Combatentes, Largo de Jesus, Avenida 5 de Outubro, área entre a Avenida 5 de Outubro e o Largo da Misericórdia e Praça de Bocage.

 

Adicionar Comentário