Autárquicas 2017

PALMELA| Anabela Rito considera que pode fazer um trabalho exemplar

A candidata da CDU à Freguesia de Palmela garante ter aceite “o desafio com um enorme sentido de responsabilidade” e acredita ter “todas as condições para fazer um trabalho exemplar”.

Anabela Rito destaca como “uma missão para a dignificação e engrandecimento de Palmela”, apontando três pilares como metas: o território, a comunicação e a inovação.

Autores
Foto
  • DR

Localidade
  • Palmela

Categoria
  • Política

A candidatura de Anabela Rito à Freguesia de Palmela foi ontem apresentada, ao fim da tarde, no terraço do Mercado Municipal.

 

A aposta da CDU, garante a candidata, será “continuar a melhorar as condições de vida da população do nosso território” e foi “o grande amor a Palmela”, que a fez aceitar “este grande desafio, que encaro com um elevado sentido de responsabilidade”. Anabela Rito acredita que “juntos temos condições para fazer um trabalho exemplar” e destaca encarar a candidatura “como uma missão para a dignificação e engrandecimento de Palmela”.

 

A candidata da CDU destaca três pilares, que se traduzem em apostas “no território, na comunicação e na inovação”.

 

Em relação ao território, revela “temos identificadas todas as necessidades e carências” e destaca a aposta “na mobilidade entre a sede e as zonas mais afastadas da freguesia”. Para a comunicação defende “uma informação séria e um serviço de proximidade acessível aos cidadãos”.

 

No que se refere ao terceiro pilar, a inovação, a candidata promete “desenvolver projectos próprios, que enalteçam as nossas tradições e a nossa juventude”.

 

Na conclusão da sua intervenção, a candidata promete “honrar o passado e construir o futuro para servir Palmela”.

 

Para Álvaro Amaro, que se recandidata à Câmara de Palmela, Anabela Rito tem “conhecimento do território” e na lista onde está incluída “há uma perfeita articulação entre alguma experiência e uma necessária juventude sempre fiéis a princípios para a honestidade e confiança”.

 

O actual presidente da Câmara de Palmela considera “um privilégio ter tido Fernando Baião como presidente da Freguesia de Palmela”, mas “há agora um novo ciclo, onde o Baião pode ainda dar muito à sua terra” e “continuar nesta luta para transformar o território”.

 

O edil não deixa de manifestar a opinião “acredito muito nesta equipa, pois temos uma candidatura que vai continuar este legado” e “fazer da centralidade de Palmela um lugar de enorme atractividade”.

 

Mas Álvaro Amaro considera também “temos de ultrapassar alguma má língua” e defender “projectos reais e não propostas irrealistas como certas forças políticas”.

 

A apresentação da candidatura de Anabela Rito terminou com a intervenção de Armando Morais, da Comissão Central de Controlo do PCP, que lançou o alerta “não há vitórias antecipadas” e enalteceu “os candidatos a convencerem outras pessoas para votarem na CDU”, pois “as próximas eleições são de grande importância para defender e reconquistar direitos”.

 

O dirigente do PCP concluiu definindo que “o nosso objectivo é reforçar a força maioritária da CDU”.

 

A lista liderada por Anabela Rito inclui Paulo Cabica, Mónica Nobre, Joana Pires e Ferreira da Costa.

 

A CDU apresentou ainda a candidatura de Manuel Lagarto à Freguesia de Pinhal Novo, esta sexta-feira, no Café Costa Bar, no centro da vila.

Adicionar Comentário