Setúbal

SETÚBAL | Inspector Max “salva” presidente da câmara

A série da TVI “Inspector Max” continua a ter como cenário a cidade de Setúbal e desta vez até a presidente da Câmara foi protagonista de um episódio, que teve um final feliz. A autarquia sadina assinou mais um protocolo com a produtora para a realização de mais 26 episódios da série agora renovada com outro elenco

Autores
Foto
  • Direitos Reservados

Localidade
  • Setúbal

Categoria
  • Televisão

O novo Inspector Max vai continuar a ter a cidade de Setúbal como cenário da série da TVI, agora transmitida nas noites de domingo.

 

A autarquia assinou a renovação do protocolo, que isenta de taxas a produtora Coral Europa, para a realização de mais 26 episódios da série, que continua a ser um sucesso de audiências.

 

Maria das Dores Meira, presidente da Câmara de Setúbal, será uma das protagonistas de um dos próximos episódios.

 

A edil sadina aproveitou a assinatura do protocolo para confessar a sua satisfação por Setúbal ser “cada vez mais a terra do Max, pai e filho” e a “cidade na qual estes bravos amigos ajudam os bons e perseguem os maus”.

 

O primeiro protocolo assinado entre a autarquia setubalense e a produtora Coral Europa, que contemplava apoios logísticos e isenção de taxas para as gravações, foi agora renovado para uma nova temporada com 26 episódios.

 

 

A série “Inspetor Max” tem como protagonista principal o actor setubalense Fernando Luís, que foi, recentemente nomeado como um dos embaixadores de Setúbal.

 

A série líder de audiências possui um elenco de luxo, mas Dores Meira considera que o sucesso do Inspector Max deve-se também “à cidade e a tudo o que tem para oferecer”, do rio à serra, das praias às zonas urbanas extraordinárias com gente acolhedora. “Temos excelentes vantagens para a produção de ficção televisiva e cinematográfica.”

 

O novo protocolo isenta de todas as taxas, cedência de espaços públicos e equipamentos municipais, para além do apoio logístico, que envolve as gravações a realizar nos 52 dias, que apontam para um investimento superior a 37 mil euros.

 

Para a presidente da câmara de Setúbal existe um retorno, pois Setúbal “ganha visibilidade e notoriedade ímpares”, que se pode traduzir “na atração à cidade e ao concelho de mais visitantes, de mais negócio e de mais investimento”, destaca.

 

A Câmara assegura também “a agilização dos procedimentos para a utilização de locais de gravação públicos e edifícios particulares, ao nível de fachadas e interiores de prédios, hotéis, clubes e associações desportivas, bares, restaurantes e discotecas, desde que previamente autorizados pelos respectivos proprietários”.

 

O protocolo refere que a produtora da série “compromete-se, sempre que possível, a contratar localmente a figuração para as gravações de exteriores, a incluir na série elementos que visem a promoção turística do concelho de Setúbal e a respeitar o compromisso de a maior parte da realização do enredo da história incidir na região de Setúbal”.

 

O responsável da produtora de televisão elogiou a aposta da TVI em passar o “Inspector Max” em horário nobre, onde as “pessoas “são a essência para o sucesso da série”.

 

A série conta com um elenco de luxo, onde participam os actores Fernando Luís, o inspector Jorge Mendes e coordenador do Departamento de Investigação Criminal, Rui Santos, o inspector Sérgio Calado, agora como inspetor-chefe, e a nova aquisição José Carlos Pereira no papel do inspector Jaime.

 

O avô Ruy de Carvalho, um dos pilares da família, onde participa Isaac Alfaiate, Madalena Brandão, Rita Salema, Patrícia Tavares, entre outros. Já o pastor-alemão mais famoso da televisão, agora Max Júnior, filho do Max das temporadas anteriores, está a cargo do cão “Giga” e da cadela “Brownie”, que se revezam nas filmagens.

 

Depois da assinatura do protocolo, o Salão Nobre dos Paços do Concelho foi cenário para a gravação de mais uma cena de “Inspector Max”, desta vez com o protagonismo a ir além dos actores do elenco e com holofotes apontados para a presidente da autarquia, Maria das Dores Meira.

 

A autarca protagonizou a cena, onde contou com a participação de elementos da Companhia de Bombeiros Sapadores de Setúbal e do Serviço Municipal de Protecção Civil e Bombeiros de Setúbal, que aborda a condecoração de vários operacionais e do “Inspector Max” por serviços de bravura e na manutenção da Lei e da Ordem.

 

Para o actor Fernando Luís, no papel do inspector Jorge Mendes e coordenador do Departamento de Investigação Criminal da Polícia Judiciária, “cumprir a lei é um desafio diário e desta vez íamos perdendo o Max, um grande inspector e família”.

Adicionar Comentário